21 de jun de 2010

A VIDA É "DURA"

Homem processa médico após ereção de 34 horas. (Dá uma bicada aqui)


Lecompte teve uma ereção prolongada, conhecida como priapismo - condição na qual o pênis fica ereto continuamente, sem estimulação-, devido ao efeito colateral da medicação utilizada.
No dia seguinte, após 34 horas de ereção, ele foi levado para o hospital, mas já era tarde demais. Devido à ereção prolongada, Lecompte disse que ficou impotente.




Se aquele ditado diz que alegria de pobre dura pouco, até que a dele durou 34 horas.
E aos senhores de plantão, sinto lhes informar, mas não sabemos o nome do remédio.

1 Comentários:

Às 21 de junho de 2010 00:16 , Blogger Ralf e Pri disse...

olha o vacilo
mas agora o cara num vai conseguir mais
nem por dois minutinhos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial